728 x 90
[lbg_audio8_html5_shoutcast settings_id="1"]

Durante 2º Fase da Operação Hookah Polícias Civil e Militar cumprem mandados de prisão e busca e apreensão

A segunda parte da Operação Hookah, aconteceu na arde desta quinta-feira (21) e contou com  participação de agentes da Polícia Civil e policiais militares do Núcleo de Inteligência (NI).Nessa fase foram cumpridos mandados de prisão e busca e apreensão na Pub Hookah Prime, localizada na Avenida Rio Branco no Centro de Jaru. Segundo a Polícia Civil é possível que os equipamentos da Pub tenham sido comprados com o dinheiro do tráfico de entorpecentes.Por causa disso, equipamentos de narguilé,  som, entre outros foram apreendidos. Duas pessoas acusadas de envolvimento com a quadrilha foram conduzidas para a Unidade Integrada de Segurança Pública.Fonte e fotos: AnoticiamaisA operação

De acordo com o delegado Ary Batista Batisti, as investigações começaram a partir de uma foto publicada em uma rede social, onde o jovem Keiver Venâncio aparece com Elias Costa dos Santos, o Lia e Matheus Souza Travezani.

O que chamou a atenção foi a ousadia da legenda, onde Keiver escreveu “Trinta e Três”, por extenso, que no mundo do crime faz alusão ao tráfico.

No percurso da operação 10 dos acusados foram presos, em decorrência de outros crimes.

Thiago, Rafael, Clisman, Janan, Ian e  Guilherme, foram presos acusados do assassinato de Mateus França.

Já Mateus e Kennedy foram presos acusados de tráfico de drogas, eles foram surpreendidos pela polícia ao receberem um lote de LSD em uma transportadora de Jaru.

Keiver Venâncioe Eduardo, foram presos  acusados de receptação e trafico de drogas.

Elias Costa dos Anjos, também seria o patrão, aquele que gerenciava e aconselhava os demais membros do grupo.

A quadrilha é acusada de tráfico de drogas, lavagem de dinheiro, contrabando, homicídio e roubo.

fonte:balancajaru.com.br

banner plan materia

Comentarios

os comentaio sao de sua problia responsabilidade *

Novidades